brunodugo . The Crispy Crispy | Blog .: -Prazer, eu sou o Amor!

domingo, 21 de outubro de 2007

-Prazer, eu sou o Amor!

Firme e forte. Duro na queda. O susto foi covarde mas me fez enchergar ainda mais o quanto somos um.
Um ser em dois corpos, dois corpos e um único ser. Intenso, inaudível, sem cheiro e muito menos sabor, mas tão poderoso quanto a fúria de um trator. [-Prazer, eu sou o Amor!].

Ainda não sei explicar tal sensação. Sentimento oco, sem visão, que demora a chegar ao cérebro, porém em vias oculares pude enchergar o seu sofrer por sí só.Mesmo sem perceber que triste era o fim de muitos fins.

Por mais que o ódio tome conta camuflando a coragem de chorar, tenho a capacidade de fazer-te em lágrimas, mesmo que por palavras, para ver-te melhor, que seja por um segundo.

Não é de amizade que eu falo, pois este 'termo' não explica tanto coração. Mas sim de alma, que por ironia do destino, nos fêz um só. E é por isso que escrevo hoje; por alguém que ao mesmo tempo têm vida e corpo alheio mas com uma alma só. A minha.

_____________________

O final de semana foi perfeito. Sem mais.

*

Um comentário:

.::Kate::. disse...

Amor,sentimento perfeito. Coisa que o ser humano nunca será! E por ele sempre sofrerá.
Sem palavras para o seu texto, e principalmente pelo depoimento que fez com que me sentisse amada de tal maneira que quando dei por mim meus olhos já estavam cheios d'agua. O que posso fazer é agradecer por ter entrado na minha vida!